A vida como ela é

Ademilson Rodrigues é um dos muitos artistas que se radicaram em Alto do Moura, o reduto os ceramistas de Caruaru. Seu trabalho têm parentesco com mestre Vitalino, claro. Não é filho nem irmão. Pode se dizer primo.  “Arte é aquilo que você criou. É o que representa a sua cultura, representa a cultura de um povo. É algo que ninguém nunca viu. Eu acho que a arte é bem pessoal, bem interiorizada na nossa raiz, nas nossas raízes, na nossa cultura”, diz o artista, que retrata em suas peças de barro cenas simples e banais do cotidiano. A vida como ela é ganha formato em barro e cores fortes na representação da Bodega do Bigode (foto). A mulher com a criança. O vendedor de bens de primeira necessidade. É um encanto. É uma beleza. Parece um sonho.

IMG_4356

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s